História do traficante Uê (Repostado)

história do UêErnaldo Pinto de Medeiros, vulgo Uê ou Nikano foi um dos grandes traficantes de drogas do Rio de Janeiro.

sempre teve personalidade de criminoso, desde sua infância. Sua entrada no tráfico deveu-se em parte a seu pai. Seu pai guardava as armas dos criminosos do morro e por isso era estimado entre os bandidos.  ajudava como olheiro do tráfico, matando aula para isso, e depois abandonou a escola para trabalhar na contenção sem conhecimento de seu pai, junto com seu irmão.

Seu pai morreu e o bandido amigo de seu pai foi preso, deixando o comando do morro na mão do Uê por sua valentia nos confrontos com a policia.

Quando o bandido saiu da cadeia  fez um churrasco para comemorar sua volta, mas era uma cilada, já que não queria devolver o comando do morro. Matou durante o churrasco o bandido e seus comparsas e afirmou seu comando no morro.

Uê foi preso no Nordeste em um Hotel de luxo. No Nordeste o traficante  estava com o propósito de expandir os seus negócios.

Uê no forum

Uê no julgamento

Mesmo na prisão de Bangu I,  mandava nos pontos de venda de drogas dos morros do Adeus e Juramento I, que herdou de Escadinha. Era audacioso e violento. Foi o responsável, no inicio da década de 90, pela ordem de ataque a postos da Poli­cia Militar e as delegacias de policia no suburbio carioca.

Era temido pelos seus pares, não bebia, não fumava e não consumia os entorpecentes que vendia. Lembrava, em muitos aspectos, o traficante colombiano Pablo Escobar.

fazia parte da facção criminosa Comando Vermelho (CV), da qual foi expulso por tramar a morte do então líder do Complexo do Alemão, o Orlando Jogador, para lhe tomar o poder.

Uê sendo julgadoFundou depois a facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA), que passou a disputar com o CV o domínio do tráfico de drogas nas favelas cariocas. Uê possuia três aviões na fronteira do Brasil com a Bolivia, conforme relatado pela deputada Marina Magessi, que coordenou por muitos anos a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) no Rio de Janeiro. Uê também possuía vários negóccios na cidade de Novo Hamburgo, no estado do Rio Grande do Sul.

 foi morto a mando da alta cúpula do Comando Vermelho, encabeçado pelo lí­der do CV, Fernandinho Beira-Mar, durante uma rebelião no presidio de Bangu I.

Outros traficantes foram mortos na mesma ocasião; entre eles estava o cunhado de Uê, Robertinho do Adeus, chefe do tráfico no morro do Adeus, em Bonsucesso, no subúrbio carioca. Todos faziam parte da sua família também!

Depois de morto,  sofreu um novo ataque, teve suas posses apreendida pela policia e teve seu tumulo alvejado á tiros em 2006 no cemitério do Caju, para vê como era importante e notório esse traficante Carioca, que foi dado a ele o titulo de “O Traficante que rachou o C.V e começou a Guerra no Rio”.

túmulo do uê

Opinião

Realmente relatos de pessoas que conviveram os morros que o Uê dominava e aparecia as vezes, era que ele tinha muitos aceitação dos moradores.

Por ser um traficante que não matava morador á toa e sempre ajudava com o assistencialismo habitual, do tipo alimentação, reformas e até dinheiro.

Era um traficante muito inteligente e que só pensava nos “Lucros” e gostava de ampliar os negócios não só para o tráfico, mas também para comércios legais.

Visava muito o Poder e isso que o matou!

E dizem que em Bangu I ele virou evangélico e foi essas uma das razões que não teve ação quando foi atacado na rebelião que ocasionou sua morte!

Se estivesse vivo hoje, com certeza teria o “rótulo” de um Novo Escobar, se tornando um traficante internacional á nível da Colômbia e as grandes quadrilhas do mundo.

Caso continuasse no Rio de Janeiro com esse plano de invadir morro e tomar as bocas dos rivais, sua morte seria mais cedo também!

Deixe seu comentário abaixo sobre essa história

Veja Também:

The following two tabs change content below.

M.G

Fundador at Crimes News
Interessado que estudou a história e comportamento do tráfico Carioca e suas facções desde 2001. Hoje busca informar e relatar fatos históricos de figuras marcantes e repassar sua experiência sobre o assunto.

Latest posts by M.G (see all)

76 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome. & GeekyCube.